Vinhos do Douro « KNOW NOW // Conhecimento e Inovação
Know Now

Vinhos do Douro

Caracterização

Criado por vontade da ADVID – Associação para o Desenvolvimento da Viticultura Duriense, o Cluster visa o reconhecimento da vitivinicultura Duriense de modo a dinamizar e modernizar o sector. Procura potenciar a economia da Região, contribuindo para a redução de custos no cultivo em encosta, optimização económica de tratamentos e fertilizações, formação profissional para o sector, avaliação anula das práticas e estratégias de produção e reconhecimento público das competências técnica e científica do sector e da região.

Os objectivos operacionais aos quais o Cluster se propôs desenvolver passam por quatro vertentes:

  • Promover o aumento do investimento em actividades de I&D empresariais;
  • Aumentar o nível de competência técnica e económica do sector;
  • Optimizar a captação e disseminação dos conhecimentos na Região;
  • Desenvolver metodologias que propiciem o aumento da eficiência da produção vitivinícola.

A investigação em rede, a optimização e o desenvolvimento de novos métodos que conduzam ao aumento da eficiência são igualmente parte integrante da estratégia do Cluster.

De forma esquemática e sintetizada, o cluster organiza a sua actividade em torno três seguintes vectores:

Quem o constitui?

A Associação congrega um conjunto alargado de entidades: empresas exportadoras, sociedades vitivinícolas, produtores-engarrafadores, adegas cooperativas, associações sectoriais, organismos reguladores, universidades nacionais e estrangeiras, empresas metalúrgicas, biotecnológicas, consultoras agrícolas ou viveiristas.

Entre os parceiros estão o Instituto dos Vinhos do Porto e Douro, várias associações exportadoras de vinhos, Casa do Douro, adega cooperativa de Favaios e adega cooperativa de Vale da Teja.

Onde está?

Localiza-se na Região Demarcada do Douro.


Quais os centros de saber que o suportam?

  • Universidade do Porto;
  • Rede Portuguesa de Selecção da Videira;
  • Escola Superior de Biotecnologia da Católica;
  • Instituto Superior de Agronomia da Universidade Técnica de Lisboa;
  • Centro de Biotecnologia da Universidade dos Açores.

A equipa de investigação conta ainda com a colaboração:

  • Departamento de Estudos ambientais da Universidade de Oregon (EUA);
  • Instituto Weinbau und Rebenzuchtung (Alemanha).

Perspectivas de Desenvolvimento

O cluster possui um plano de desenvolvimento de médio/longo prazo bastante ambicioso e que desenvolverá temáticas como:

  • Adaptação da cultura às alterações climáticas;
  • Preservação da variabilidade genética das castas de videira nacionais;
  • Zonagem vitícola, uma cartografia tridimensional dos potenciais vitícolas e enológicos de toda a região.

Em relação ao primeiro destes pontos, o presidente da Associação refere que

“um dos grandes projectos da ADVID é estudar as alterações climáticas devido ao aquecimento global, as suas influências na produção vitícola e desenvolver um manual de adaptação aos impactos previstos, tendo em conta as questões da biodiversidade.”


Os resultados a atingir por parte do Cluster passam por:

Para desenvolver e gerir o Cluster de Vinhos da Região Demarcada do Douro foi criada uma associação,


Cluster dos Vinhos da Região Demarcada do Douro

Entidade Gestora

ADVID – Associação para o Desenvolvimento da Viticultura Duriense

Endereço

Quinta de Sta. Maria
Apartado 137
5050 – 106 GODIM (PESO DA RÉGUA)

Web

www.advid.pt

Contactos

Telefone: +351 254 312940

Telefax: +351 254 321350