Universidade Católica Portuguesa (Beiras) « KNOW NOW // Conhecimento e Inovação
Know Now

Universidade Católica Portuguesa (Beiras)

a)        Breve Caracterização

Apresentação do Campus Viseu do Centro Regional das Beiras

O campus de Viseu estende-se por uma área de aproximadamente 24.000m2 e é composto por 5 edifícios.

O campus está apetrechado com centros de informática onde os estudantes têm à disposição salas de computadores, em livre utilização, salas de tradução-interpretação, laboratórios de estudo e investigação, sala multimédia com possibilidade de videoconferência, auditórios, uma biblioteca e uma clínica universitária.


b)        Recursos e Tecnologias

Laboratórios

Laboratórios Apoio à Licenciatura em Medicina Dentária

  • Laboratório de Bioquímica
  • Laboratório de Microscopia
  • Laboratório de Farmacologia e Fisiologia
  • Laboratório de Biologia Celular e Molecular
  • Laboratório de Anatomia
  • Laboratório de Microbiologia
  • Laboratório de Apoio à Microscopia e Biologia Celular


c) Principais áreas de investigação
  • Centro de Biotecnologia e Química Fina (CBQF)
  • Centro de Estudos de Filosofia (Cefi)
  • Centro de Estudos de Gestão e Economia Aplicada (CEGEA)
  • Centro de Estudos de História Religiosa
  • Centro de Estudos do Pensamento Português
  • Centro de Estudos dos Povos e Culturas de Expressão Portuguesa
  • Centro de Estudos em Gestão e Economia (CEGE)
  • Centro de Estudos em Psicologia e Educação
  • Centro de Estudos Filosóficos e Humanísticos
  • Centro de Investigação em Ciências e Tecnologias das Artes (CITAR)
  • Centro de Estudos de Serviço Social e Sociologia.


d)        Casos de Sucesso

O Projecto financiado pela FCT, “Estabilidade conformacional de proteínas aspárticas com importância biotecnológica e médica – O unfolding/refolding de proteínas diméricas e monoméricas“, utilizou uma abordagem integrada e multidisciplinar para aceder às alterações conformacionais e identificar e caracterizar intermediários formados durante o processo de unfolding/refolding de proteínas aspárticas, enzimas envolvidas em processos fisiológicos e patológicos como o Alzheimer e o cancro.

Este conhecimento irá contribuir para o desenho de fármacos modeladores de proteínases aspárticas.

O Coordenador do Painel de Avaliação considerou que:

Os objectivos científicos previstos foram plenamente atingidos. Os resultados evidenciam grande qualidade científica, nomeadamente ao nível das publicações em revistas internacionais com referee. O projecto contribuiu para a formação de jovens investigadores e para a projecção internacional da equipa envolvida.