Psicologia da Cognição e da Afectividade – Universidade do Porto « KNOW NOW // Conhecimento e Inovação
Know Now

Psicologia da Cognição e da Afectividade – Universidade do Porto

O Centro de Psicologia da Cognição e da Afectividade do Contexto Cultural é uma Unidade de investigação autónoma da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto.

Foi formalmente criado e reconhecido em 1994 pela então Junta Nacional de Investigação Científica e Tecnológica – JNICT (Ministério da Ciência e da Tecnologia) como Centro de pesquisa e de formação avançada no domínio da psicologia. Sujeito a uma avaliação periódica por um júri internacional em 1996 e 1999 obteve a classificação de “Muito Bom”.

A unidade de investigação “Psicologia da Cognição  da Afectividade e do Contexto Cultural” é constituída pelos Sete membros a seguir indicados (1994):
  • Félix Fernando Monteiro Neto – Professor catedrático da FPCEUP;
  • Amâncio da Costa Pinto – Professor catedrático da FPCEUP;
  • José H. Barros de Oliveira – Professor associado agregado da FPCEUP;
  • Francisco Castro Carneiro – Professor associado da FPCEUP;
  • Celeste Malpique – Professora Catedrática convidada do ICBAS;
  • Daniela Ferreira de Carvalho – Professora associada convidada da Universidade Portucalense;
  • Nuno Miguel Soares Gaspar – Assistente da FPCEUP.

Em relação aos antecedentes dos elementos da Unidade deverá dizer-se que quatro dos cinco membros do Psicologia da Cognição  da Afectividade e do Contexto Cultural trabalharam no Centro de Psicologia da Universidade do Porto (ex-INIC) desde a sua criação em 1980 até à extinção do Centro do INIC em 1993.

Todos os investigadores responsáveis de projectos da linha de Acção nº 2, (Francisco de Castro Carneiro, Celeste Malpique, Félix Neto e Amâncio Pinto) transferiram-se do Centro de Psicologia da Universidade do Porto (ex-INIC) para esta nova Unidade de Psicologia da Cognição e Afectividade.

Alguns dos membros da Unidade proposta têm realizado desde 1987 até ao presente trabalhos de investigação conjunta, tendo vários destes trabalhos sido publicados em revistas nacionais e estrangeiras.

Um dos principais objectivos da Unidade é a investigação na área da cognição e da afectividade, bem como as possíveis interacções que se estabelecem entre estas funções no âmbito da pessoa humana. Entre as principais actividades científicas realizadas contam-se a publicação de livros e artigos em revistas nacionais e estrangeiras, participação e organização de encontros científicos no País e no estrangeiro, organização anual de jornadas psicopedagógicas, responsabilidade editorial da revista semestral “Psicologia, Educação, Cultura”, docência e supervisão de estudantes pós-graduados, participação em projectos internacionais de investigação, intercâmbio de docentes e estudantes nos programas Erasmus e Sócrates. Estas actividades serão também prosseguidas no triénio 1999-2001.

Tendo em conta o percurso científico de cada um dos cinco membros doutorados da Unidade, os principais projectos de investigação a realizar abordam, entre outros, os seguintes temas: aculturação e adaptação psicológica, emoções sociais, representações do género, representação e recordação de acontecimentos emocionais, análise de factores cognitivos e afectivos da personalidade, perturbações comportamentais em adolescentes e dificuldades cognitivas e afectivas em pessoas idosas.

A abordagem quantitativa tem sido privilegiada nos diversos estudos realizados pela Unidade a nível experimental, diferencial e observacional, não se excluindo, porém, a abordagem qualitativa das questões em estudo.

Um dos contributos da Unidade que nos parece relevante sublinhar tem sido sistematizar o conhecimento científico numa área psicológica em rápido crescimento e investigá-lo e aplicá-lo no contexto Português, procurando divulgar os resultados através dos meios e locais apropriados.