Engineering and Tooling « KNOW NOW // Conhecimento e Inovação
Know Now

Engineering and Tooling

Caracterização



A Indústria de Engineering & Tooling é, actualmente, uma indústria-chave de Portugal no panorama internacional.

Primeiramente, importa distinguir diferentes tipos de empresas a actuar no Sector:

  • Empresas de engenharia, concepção e comercialização (tipicamente de pequena ou média dimensão);
  • Empresas de maquinação (geralmente de pequena dimensão);
  • Empresas integradas, com engenharia, concepção e produção (tipicamente de média ou grande dimensão).

Tendo por base as tipologias de empresa acima apresentadas, o objectivo geral deste Pólo passa por fazer desta indústria uma das cinco melhores a nível internacional. Para atingir tal desígnio, a missão do Pólo de Competitividade e Tecnologia Engineering & Tooling passa essencialmente por:

  • Desenvolver e produzir moldes de modo a optimizar as funcionalidades dos produtos e respectivos processos de fabrico dos seus clientes;
  • Integrar o molde numa cadeia alargada de serviços de engenharia de alto conteúdo tecnológico;
  • Desenvolver e produzir ferramentas especiais e peças maquinadas de alta precisão.

O seu plano estratégico assenta em quatro vertentes fundamentais que visam reforçar o posicionamento competitivo das empresas do sector. São eles:

  • Elevada especialização;
  • Aposta em mercados nicho ou produtos em fases iniciais do ciclo de vida (menor competição);
  • Enfoque em produtos de elevada complexidade;
  • Aposta em áreas com elevadas barreiras à entrada pela dimensão (micro ou macro) ou pela complexidade da maquinação.

O Pólo encontra-se estruturado em torno de três projectos âncora:


O âmbito de cada projecto pode ser descrito da seguinte forma:

  • BtM – Branding to Market: visa a promoção e consolidação da marca “Engineering and Tooling from Portugal”, enquanto marca colectiva, distintiva e diferenciadora da Indústria de Engineering & Tooling a nível nacional e internacional, fomentando a competitividade e reforço do seu posicionamento em mercados internacionais;

  • Tooling Edge – Produção Sustentável de Elevado Desempenho: tem como objectivo principal desenvolver conhecimento científico e tecnológico, metodologias de trabalho e de organização inovadoras e adaptadas ao sector;

  • ETF – Empresa Tooling do Futuro: visa desenvolver metodologias de apoio ao desenvolvimento das empresas da indústria, nomeadamente a identificação e apropriação dos requisitos que permitam às empresas alargar a sua base competitiva.

O Pólo de Competitividade é ainda suportado por um conjunto de projectos complementares que visam, de forma conjugada, atingir os objectivos propostos pelo Pólo.

Projecto Complementar

Descrição

Di_Markets

Visa reforçar a intervenção efectuada no Projecto “Engineering and Tooling from Portugal”, nomeadamente através de uma abordagem a novos mercados e a identificação de oportunidades de negócio que visem reduzir o peso do sector automóvel no total das exportações do Pólo. Em contrapartida deverão aumentar outros sectores como aeronáutica, saúde, energia, ambiente e embalagem.

Engineering & Tooling from Portugal

O objectivo fundamental deste projecto passa por “tornar Portugal o país de referência a nível mundial no Sector de Moldes”.

RIMcopTec

Tem por objectivo introduzir uma nova tecnologia para Injecção e Moldagem com Reacção (RIM) desenvolvida na FEUP.

BIGPROTO

Visa o desenvolvimento de materiais, equipamentos e tecnologias que permitam o fabrico de protótipos ou de pequenas séries de peças plásticas de grandes dimensões por Moldação por Injecção Reacção de Nylon.

IDT for tooling

Passa por estimular o desenvolvimento de actividades de I&DT orientadas para o desenvolvimento de competências e conhecimento com potencial de aplicação no sector do Tooling.

Tooling Surface

O objectivo primário deste projecto é o estudo dos factores que afectam o comportamento do fluxo de material polimérico durante a moldação por injecção.

Tooling Push

Assenta em processos de investigação e geração de conhecimento em: – regras para o projecto do sistema funcional de injecção; – regras para o projecto do sistema funcional de controlo de temperatura nas ferramentas; – projecto de sistema funcional de extracção da ferramenta; entre outros.

ReFRA

O objectivo maior desta rede ReFRA – Rede de Fabricação Rápida Aditiva – é contribuir para a criação de uma estratégia coerente e mobilizadora de conhecimento, desenvolvimento, disseminação e exploração da Fabricação Rápida enquanto instrumento do desenvolvimento económico e social.

MM Tooling

Este projecto Mobilizador de Microfabricação, tem como objectivo o desenvolvimento de células de micro-fabricação, desenvolvimentos tecnológicos em micro-fabricação, desenvolvimentos de novas aplicações e componentes metálicos ou cerâmicos por micro-PIM. Fazem ainda parte do âmbito deste projecto, os estudos de processos de fabrico de micro e nano estruturas por escrita directa a laser.


Para além dos sectores ligados à indústria, o Pólo procura ainda aumentar o peso de outros sectores estratégicos como os da energia e ambiente, electrónica, saúde e aeronáutica. Importa igualmente salientar o enfoque dado ao sector automóvel, nomeadamente através da procura de aproveitamento das oportunidades geradas pelo forte desenvolvimento tecnológico. O mercado-alvo caracteriza-se então por:


Quem o constitui?

De entre os vários associados do Engineering and Tooling podem-se destacar os seguintes:

  • ANEMM – Associação Nacional das Empresas Metalúrgicas e Electromecânicas;
  • A Silva Godinho & Cª,Lda;
  • Bigmould – Moldes Injecção Plásticos, Lda;
  • CEFAMOL- Associação Nacional da Indústria de Moldes;
  • DRT Rapid – Fabricação de Moldes, Lda;
  • DRT – Moldes Plásticos, Lda;
  • Famolde – Fabricação e Comercialização de Moldes, S.A;
  • Futi – Indústria de Veículos Automóveis, Lda;
  • IBER-OLEFF – Componentes Técnicos em Plástico, S.A;
  • INTERMOLDE – Moldes Vidreiros Internacionais, Lda.;
  • LN Moldes, Lda;
  • RAMADA – F.Ramada, Aços e Indústrias, S.A.;
  • Simoldes Aços, Lda;
  • Vidrimolde – Indústria Internacional de Moldes, S.A;
  • Entre outros.

Onde está?

A Associação dinamizadora do Pólo de Competitividade encontra-se situada na Marinha Grande. Todavia, o Pólo tem implantação nacional, contando com empresas e centros de saber de todo o país.

Quais os centros de saber que o suportam?

  • INEGI – Instituto de Engenharia Mecânica e Gestão Industrial;
  • IPL/ESTG – Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Leiria;
  • IPN – Instituto Pedro Nunes; 
  • IST – Instituto Superior Técnico;
  • ISEL – Instituto Superior de Engenharia de Lisboa;
  • Universidade de Coimbra;
  • Universidade de Aveiro;
  • Universidade do Minho;
  • Escolas;
  • CENFIM – Centro de Formação Profissional da Indústria Metalúrgica e Metalomecânica;
  • CENI – Centro de Integração e Inovação de Processos;
  • CENTIMFE – Centro Tecnológico da Indústria de Moldes, Ferramentas Especiais e Plásticos.

Perspectivas de Desenvolvimento

O Plano Estratégico do Pólo de Competitividade e Tecnologia Engineering & Tooling assenta na obtenção dos resultados que a seguir se especificam:

Para a gestão e dinamização do Pólo para os próximos anos foi criada uma Associação, Associação Pool-net – Portuguese Tooling Network.

Engineering and Tooling

Entidade Gestora

Associação Pool-net – Portuguese Tooling Network

Endereço

Zona industrial, Rua da Bélgica, Lote 18
PO BOX 78
2431-903 Marinha Grande – Portugal

Web

http://www.toolingportugal.com

Contactos

Telefone: +351.244.570420
Fax: +351.244.570019