Centro de Instrumentação – Universidade de Coimbra « KNOW NOW // Conhecimento e Inovação
Know Now

Centro de Instrumentação – Universidade de Coimbra

O Centro de Instrumentação de Coimbra divide-se em duas organizações distintas.

  • Grupo de Instrumentação Atómica e Nuclear

Os trabalhos de investigação são financiados no âmbito da verba anual atribuída pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) bem como no âmbito de diversos projectos de investigação e desenvolvimento financiados por diversas organizações e indústrias. Muitos destes projectos envolvem colaborações internacionais.

Tem diversos projectos em desenvolvimento e conta com a colaboração de investigadores nacionais e internacionais

  • Grupo de Electrónica e Instrumentação

O Grupo de Electrónica e Instrumentação (GEI) foi recentemente criado no Departamento de Física da Universidade de Coimbra. As áreas de pesquisa do Grupo são Instrumentação Atómica e Nuclear, Instrumentação Biomédica, Física de Plasma Instrumentação, Microeletrônica, Optical Signal Processing e Telemetria e Controle Industrial.

O GEI conta hoje com mais de 26 membros permanentes, incluindo mestres, pesquisadores e técnicos, bem como com 10 alunos a preparar os projectos no último ano em Engenharia Física.

Mantém uma estreita cooperação com diversas instituições nacionais e internacionais que desenvolvem trabalhos em várias áreas de investigação com inquestionáveis resultados científicos. Realça-se o trabalho realizado em parceria com o Centro de Fusão Nuclear (Nuclear Fusion Center) do Instituto Superior Técnico de Lisboa, bem como a realizada com o Instituto Biomédico de Investigação de Luz e Imagem (IBILI).

Em relação à prática docente, a GEI apoia fortemente o ramo de instrumentação da licenciatura de Engenharia Física, bem como a nova licenciatura de Engenharia Biomédica, com todos os seus ramos de especialização.

Existe uma grande preocupação com os serviços comunitários, através de uma cooperação regular com várias empresas nacionais, serviços de consultoria, participação em conferências, simpósios, bem como a coordenação de vários projectos Ciência Viva promovido pelo Nacional de Ciência e Tecnologia Ministério Nacional.